Igreja católica vive Semana Santa sem público pelo 2° ano seguido pela primeira vez na história

Sexta-Feira da Paixão na Paróquia São Pedro Apóstolo

Pelo segundo ano consecutivo, a Igreja Católica vivenciou a Semana Santa sem a presença dos fiéis na Igreja, de forma remota, os paroquianos puderam acompanhar ao vivo pelas redes sociais todas as celebrações que fazem parte do calendário da Semana Santa.

É o 2°ano consecutivo que a Igreja vivencia de forma online, em virtude da pandemia do Coronavírus, mas a distância não impediu que os fiéis rezassem e vivenciassem o propósito da Semana Santa, para muitos, o momento foi especial e de muita oração.

Nesse momento, toda a Igreja deve se manter unida com o intuito de entrar em comunhão, a Páscoa reacende em nossos corações a fé, a esperança, o amor, a humildade e a mansidão, tudo que era velho se fez novo, o pecado ficou para trás e uma vida nova surge. A ressureição de Jesus nos dá a certeza de que podemos crer em um amanhã melhor, Ele deve fazer morada em nosso coração.

Vigília Pascal

Mesmo diante do cenário da pandemia a Igreja está viva e fortalecida, através dos meios de comunicação podemos restaurar vidas, para a fé não há fronteiras e limites, Deus une e se faz presente cada dia mais.

Sem dúvidas, esse tempo ficará marcado para sempre, jamais na história a Semana Santa foi vivenciada sem a presença dos católicos na Paróquia, são novos tempos que exigem de nós muita força e coragem.

Não desanimemos, entreguemos a Deus nossas aflições, nossos medos e todas as tribulações que estamos passando, Ele ressuscitou, nem a morte vence o amor, é tempo de alegria, o seu amor abençoa a todos que creem Nele.

Nos alegremos e busquemos em Deus a nossa força, dias melhores apontam no horizonte, deixe que Ele faça morada em seu coração e transforme a sua alma, seu amor é restaurador e revigorante.

Tatiana Lacaz Agente da PASCOM